Excertos

por Rodrigo Ghedin

Em que desordem vivíamos, quantos…

Em que desordem vivíamos, quantos fragmentos de nós iam sendo lançados como se viver fosse explodir em estilhaços.

— Elena Ferrante, História da menina perdida.

22 Dec 2019